terça-feira, 29 de novembro de 2016

BLACK SABBATH – PORTO ALEGRE, 28 DE NOVEMBRO DE 2016


Foto: Dvulgação
Texto Márcio Grings

Dependendo do ponto de vista, assistir o “The End Tour” pode ser o mais previsível dos eventos. Por quê? Por vários fatores- todo mundo sabe qual será o setlist; Ozzy vai dizer dezenas de vezes “let me see your fucking hands”; os clássicos vão soar bem parecidos com aquilo que conhecemos dos discos; e no decorrer do setlist sabemos que não há espaço para improvisos ou surpresas. É como se esse conjunto de sons tocados em Porto Alegre na última segunda-feira (28) fosse um exercício matemático de como se fazer um show de rock. Só que o resultado dessa equação é muito maior do que possa supor qualquer vã filosofia. 

Leia a resenha do show de 2013

Veja o início da apresentação.



Isso não apenas por que estamos presenciando a despedida anunciada de uma das maiores instituições do metal mundial. Mais do que isso – esses são os últimos dias do grupo que inventou o lado negro do gênero. Segundo disse Tony Iommi em sua biografia, toda a incursão da banda em temas como satanismo e ciências ocultas, não passa de tema de ficção escrita por Geezzer Butler, o baixista da banda, e muito bem interpretada por Ozzy, ator principal dessa personagem. E nunca esqueça, eles inventaram essa mítica, e são os mestres dessa encenação. 

Reprodução Twitter
ABERTURA

Na abertura, antes do capítulo principal da noite, a legenda do metal gaúcho e produto exportação do país, o Krisiun, sobe ao palco ostentando a bandeira rio-grandense e o orgulho sulista do som feito aqui. O público parece ter gostado. Logo depois, o Rival Sons, uma das bandas mais interessantes do rock pesado atual, fez um show impecável. No cardápio, blues elétrico misturado com o melhor do hard rock ao estilo do faziam as boas bandas inglesas como Free e Led Zeppelin. Destaque para o vocalista Jay Buchanan e o guitarrista Scott Holiday. 

Divulgação
SHOW PRINCIPAL

Com cerca de 16 mil testemunhas, o segundo show dos ingleses no Estacionamento da Fiergs foi a apresentação de número 39 da The End Tour, iniciada em janeiro desse ano em Omaha, Nebraska, nos Estados Unidos. E esse primeiro show no Brasil revelou uma banda ainda mais firme e coesa do que o Black Sabbath que vimos em 2013. E diferente da passagem anterior, dessa vez não tivemos nenhuma música de “13”, último álbum de inéditas do Sabbath lançado no mesmo ano. 

O setlist  faz ligação direta com os anos 1970, contemplando quatro músicas do álbum de estreia da banda, três de "Master of Reality", uma do "Volume 4", uma de "Technical Ecstasy" e cinco canções de "Paranoid". 13 músicas (três a menos que o show de 2013), num repertório enxuto que compreende apenas seis anos da banda. Uma paulada atrás da outra. 

Divulgação
.Em dezembro ele chega aos 68 anos. Depois de períodos difíceis, certamente Ozzy Osbourne canta mais hoje do que há 10 anos. Em 2013, na primeira passagem do Black Sabbath com esta formação, ele parecia rejuvenescido. Em 2015, quando veio ao estado em show solo no Mosters Tour, Ozzy retornou na versão ‘fanfarrão do rock’. Ontem, na Fiergs, ele foi uma mistura disso tudo. Acima de tudo, um dos maiores performers do rock. Ozzy é incansável, divertido, canta muito e ainda sabe como poucos a como incendiar a massa.

Divulgação


.
Foto: Márcio Grings
No último mês de agosto, Tony Iommi, 68 anos,  anunciou em entrevista ao jornal "The Birmingham Mail" que o tratamento contra o câncer funcionou e ele está em processo de remissão. O guitarrista de 68 anos enfrentava um câncer linfático desde 2012. No início do ano passado, ele chegou a declarar que tinha 30% de chances de cura e não sabia quanto tempo mais teria de vida. 

Esse teria sido o principal motivo da The End Tour – pois seria a ‘suposta’ última trip do trio original. Se Tony está melhor do que já esteve, em frente aos nossos olhos vemos um dos maiores maquinadores de riffs de todos os tempos. E o público por diversas vezes o ovaciona: “Tony, Tony, Tony!!! O velho lorde da guitarra SG sorri.

Aos 67 anos, o grande responsável pelas letras e pela temática do Black Sabbath, é também um dos inventores do baixo com distorção. E vê-lo fazendo ao vivo um dos mais famosos solos de contrabaixo de todos os tempos colado a “Behind The Wall of Sleep”, a antecipar “N.IB.”, é como assistir o orquestrado desaparecimento de uma das últimas lendas do rock. E é...

Completam o time o baterista Tommy Clufetos, desde 2012 com o trio original, e Adam Wakeman, guitarra base e teclados. Entre os destaques, canções como “Fairies Wear Boots”, “After Forever” e a catarse coletiva promovida por “War Pigs", um daqueles momentos em que qualquer fã de rock não consegue de privar de abrir um sorriso. Mesmo com Ozzy errando a entrada de "Children of the Grave", dá pra dizer que presenciamos uma apresentação irretocável, num setlist que basicamente não sofre alterações. 

Divulgação
No#Brasil o “The End Tour” ainda passa por Curitiba (30), Rio de Janeiro (2) e São Paulo (4), cidade que recebe o último show do ano na atual turnê. E então, eis o tão anunciado ‘the end’? Nada disso! Ozzy, Tony e Geezer ainda seguem por apresentações entre janeiro e fevereiro de 2017, quando tocam na Alemanha, Irlanda e Inglaterra, com último show agendado para Birmgham, no dia 4 de fevereiro. Nada mais justo que o derradeiro ato final da história do Black Sabbath aconteça em sua cidade natal, metrópole localizada no Centro Oeste da Inglaterra, região central da Grã-Bretanha. 

Fica a sensação de sermos abençoados, pois um dos 51 shows do último tour de uma das bandas mais importantes da história do rock mundial, também passou por aqui. Como um sonho inimaginável...

Confira o setlist:

1 – Black Sabbath
2 – Fairies Wear Boots
3 – After Forever
4 – Into the Void
5 – Snowblind
6 – War Pigs
7 – Behind the Wall of Sleep
8 – N.I.B.
(com  solo de Geezer Butler)
09 – Rat Salad
(com solo de  Tommy Clufetos)
10 – Iron Man
11 – Dirty Women
12 – Children of the Grave

Encore:

13 – Paranoid


Fiergs. Pôr-do-sol, um pouco antes do show. Foto: divulgação Facebook BS

Um comentário:


  1. Hi to every body, it's my first pay a quick visit of this weblog; this webpage consists of awesome and truly good data for readers. craigslist kansas city

    ResponderExcluir

ÚLTIMA COBERTURA:

BON JOVI - PORTO ALEGRE, 19 DE SETEMBRO DE 2017

Foto: BJA Por Márcio Grings Impossível não afirmar que o Bon Jovi sobreviveu ao teste do tempo. Por mais que suas músicas não estejam...